Programa da Polícia Militar vai reforçar segurança em Iguaba Grande

Prefeita Grasiella Magalhães foi até o 25º BPM em busca de convênio

Eu reunião com o Tenente Coronel André Henrique, Comandante do 25º Batalhão da Polícia Militar, a prefeita de Iguaba Grande, Grasiella Magalhães, deu início à parceria que pretende, segundo ela, diminuir ou até zerar os casos de assaltos na cidade. O Encontro aconteceu em Cabo Frio, na última terça-feira e serviu para a PM apresentar à equipe da prefeitura de Iguaba Grande o Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS), que permite que os policiais militares possam trabalhar voluntariamente em seu horário de folga, mediante gratificação.

De acordo com o Comandante André Henrique, o Programa vai auxiliar os PMs em atividade em Iguaba, com o trabalho de policiais que moram e conhecem a região, o que, segundo ele, facilita o trabalho. “Hoje, foi dado o primeiro passo para realizarmos o convênio e tenho certeza que a população da cidade vai ficar satisfeita com esse empenho da prefeita Grasiella, já que na prática vamos quase que dobrar o efetivo da cidade e isso vai refletir na sensação de segurança e na redução dos índices criminais”, afirma o Comandante.

O programa é possível através de um convênio entre a Polícia Militar e o governo municipal, que fica responsável pelo pagamento das gratificações dos policiais voluntários em serviço. Ao final do mês a Polícia Militar emite uma espécie de nota fiscal e um relatório completo do trabalho desenvolvido no período.  O convênio com o PROEIS não prevê o envio de viatura para a cidade conveniada, porém o Comandante Henrique se prontificou a ceder uma viatura para Iguaba Grande. “Tão logo o Convênio seja homologado, nós vamos enviar mais uma viatura para a cidade, para proporcionar mais segurança à população”, prometeu André Henrique.

 

Segundo o Coronel Luiz Claudio, Coordenador do PROEIS, esse convênio já é um sucesso nas cidades, onde está em funcionamento, como Mesquita e Itaguaí. Segundo ele, resultados positivos podem ser alcançados na cidade dentro de pouco tempo, “Existe uma burocracia administrativa para que possamos iniciar as atividades, mas acredito que dentro de um mês e meio o programa já estará em prática na cidade” concluiu o Coronel.

Tráfico e Boatos

A 5ª Companhia do 25º PPM é responsável pelo policiamento de Iguaba Grande, O Capitão Ibrahim, Comandante da Companhia, também participou do encontro em Cabo Frio, segundo ele, o maior responsável pelas ocorrências na cidade é o tráfico de drogas “O que vem acontecendo na cidade, são roubos, e casos pontuais ligados diretamente ao tráfico de drogas. Quem vende um entorpecente pega a droga em consignado, quando a polícia apreende esse material, ele precisa pagar ao traficante, então vai roubar. Em outros casos são os usuários viciados, que não têm dinheiro para comprar a droga, roubam um celular, por exemplo, e trocam na boca de fumo”, afirma o Capitão, que destaca o aumento de boatos na cidade, que circulam através dos aplicativos de celulares. “Tivemos seis casos de roubo de rua no mês de abril, em três deles os envolvidos foram pegos em flagrante, mas esses casos são multiplicados através de falsas mensagens no Whatsapp, causando um pânico entre a população” alerta Ibrahim, “Já mobilizamos uma equipe para impedir uma suposta barricada numa comunidade, quando chegamos lá, a notícia era falsa”, revela o Capitão. “Por isso é de extrema importância que as pessoas chequem as fontes, antes de compartilhar uma notícia que receba no celular, muitas vezes esses boatos são implantados por bandidos para despistar a polícia”, conclui.

Além da Prefeita Grasiella, o vice-prefeito Leandro Coutinho e Alexandre Ramos, Secretário Municipal de Ordem Pública também participaram do encontro no 25º BPM.

Texto e fotos: Tiago Gouveia