Prefeitos buscam melhorias na distribuição de energia elétrica da Região dos lagos

Os municípios se unem para entrarem com uma Ação Civil Pública

Na tarde desta segunda, (09) prefeitos dos municípios da Região dos Lagos se reuniram com deputados e representantes para entrarem num consenso sobre as medidas que serão tomadas para resolver o problema de distribuição e constantes quedas de energia  na nossa região.

A Prefeita Grasiella Magalhães, de Iguaba Grande, esteve presente na reunião e propôs uma Ação Civil Pública como medida a ser tomada. “A população cobra de nós, prefeitos, pois esse é um problema que atinge toda a municipalidade, então a gente precisa unir forças em favor da população que são os maiores afetados”, destacou Grasiella.

O Prefeito de Arraial do Cabo Renatinho Vianna, que convocou a reunião, afirmou ter participado de uma reunião na última sexta feira com os representantes da empresa Enel em que eles apresentaram um cronograma de investimentos e deram algumas respostas sobre as quedas de energia, mas não apresentaram nenhuma atitude concreta. “Temos que cobrar atitudes e providências, e o melhor caminho é a união dos prefeitos, contando com o apoio nos nossos representantes na assembléia para que juntos possamos decidir qual caminho devemos tomar”, declarou o prefeito.

A Enel é uma empresa multinacional, presente no Brasil desde 2005. Sua  sede está localizada no município de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro, e a empresa atua em 18 estados do país.

Segundo o deputado Jânio Mendes, os prejuízos são grandes para os munícipes e para as cidades. De acordo com ele, a empresa ENEL transferiu seu sistema de atendimento para o Município de Niterói, e só tem centro de atendimento na região para cobranças e pagamentos, mas não para a prestação de serviços. “Quando o consumidor liga, eles querem saber qual é o problema, então mandam um carro de passeio da empresa para diagnosticar, e depois vir de Niterói um caminhão para alcançar a rede e fazer a manutenção. Precisamos agir agora para não sofrermos um caos durante o verão, que é quando essas quedas de energia intensificam e o trânsito fica constantemente engarrafado”, disse o deputado.

Ficou decidido então que os municípios irão se unir para defender os direitos do consumidor, acompanhados pelo Procurador geral de Arraial do Cabo Davi Figueiredo e estarão na quarta feira, dia 11, às 9h, na ALERJ em uma Assembléia em que o representante da Enel do Rio de Janeiro já confirmou presença.

Texto: Júlya Costa

Foto: Felipe Lopes