Agricultura Familiar contribui para a alimentação saudável nas escolas de Iguaba Grande

 Com incentivo  da Secretaria Municipal de Agricultura, Produtor Rural possui mais de 1.000 pés de banana

A agricultura Familiar é de suma importância para o município de Iguaba Grande, principalmente na merenda escolar. Hoje, 30% do valor investido na merenda escolar, são destinados a agricultura familiar.

Segundo a Nutricionista Jurema Ferreira, o município possui 6 produtores cadastrados no  Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “Ter esses produtores é ótimo, pois proporcionamos uma alimentação balanceada para os alunos. O cardápio é feito com base no que eles estão produzindo, e isso facilita a diversificação dos pratos servidos nas escolas”, destacou a nutricionista.

Sr Marilso Chaves, mas conhecido como Sr Baíco,  é um dos produtores. Ele fornece para as escolas municipais e estaduais de Iguaba Grande. O forte da sua produção é de bananas, visto que possui mais de mil bananeiras em seu terreno. Mas além da fruta, ele também tem plantações de aipim, abóbora, laranja, guando, e a horta com alface, couve, beterraba, entre outros.

O Produtor Rural é filho de lavrador, e mora em Iguaba desde que nasceu. Já trabalhou em supermercado, em salina, restaurante e também foi servidor público em 1996. Hoje tem 67 anos de idade, mesmo aposentado, dedica a sua vida para a produção.

O Sr Baíco destaca a importância de ser assistido pela Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pesca. “A Secretaria trás um incentivo pra gente continuar trabalhando e produzindo o melhor. Deus nos ajuda com a natureza, e a secretaria nos dá todo o suporte que precisamos, principalmente com o maquinário que facilita muito mais nosso trabalho”. Ele enfatiza também a importância de sua produção para os alunos. “A qualidade desses alimentos pras crianças é o mais importante. Isso é que dá o incentivo maior pra produzir mais.” Completou o produtor.

Segundo o secretário de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Thiago Dutra, a secretaria está sempre disposta a ajudar os produtores. “A secretaria participa com retro escavadeiras e tratores agrícolas que  limpam e preparam a terra. Aqui no terreno do seu Baíco, limpamos toda a terra e cavamos, em média, 100 covas de plantio, em apenas duas horas, a contrapartida do produtor é apenas abastecer as máquinas.” Afirmou o secretário.

O resultado dessa parceria entre a secretaria, o produtor, a nutricionista e a escola são os benefícios gerados na vida dos alunos, que hoje possuem uma melhor alimentação e conseqüentemente, uma vida mais saudável.

Texto: Júlya Costa

Foto: Felipe Lopes