Dez produtores rurais iguabenses recebem recurso do Programa Rio Rural – Prefeitura Municipal de Iguaba Grande

Dez produtores rurais iguabenses recebem recurso do Programa Rio Rural

Ao todo 15 foram beneficiados em Iguaba Grande

Mais dez produtores rurais foram contemplados com os recursos do Programa Rio Rural em Iguaba Grande durante reunião na manhã desta terça-feira, dia 31, na sede da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pesca, com presença da Emater. Até agora 15 produtores rurais iguabenses já foram beneficiados com o programa.

O Programa Rio rural promove uma ação com as comunidades que vivem nas micro bacias hidrográficas, promovendo a destinação de um recurso de sete mil reais para cada produtor rural. O Programa é uma realização da Superintendência de Desenvolvimento Sustentável da Secretaria de Agricultura e Pecuária do Estado do Rio de Janeiro, e executado pela Emater Rio, empresa responsável por dar assistência técnica durante todo o processo da operação do programa, estimulando o crédito do agricultor e dando agilidade no procedimento.

De acordo com o subsecretário de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Thiago Dutra, a equipe vem concentrando forças desde 2015 para que os produtores recebam este benefício. “Nós fizemos esse esforço durante esses três anos junto a Emater dividindo as micro bacias, elaborando o diagnóstico participativo e se debruçando em toda a questão técnica e documental que o programa exigia. É uma alegria poder contribuir com a qualidade de vida do produtor no campo”, declarou o subsecretário da pasta, Thiago Dutra.

Esse recurso tem impulsionado o empreendimento pecuário de muitos agricultores. Para Cicero Vanderley, a chegada do programa vai alavancar a produção no campo. “É um grande incentivo que estamos recebendo. Com esse dinheiro, eu vou investir na compra de cabras, além de ampliar a mata nativa plantando árvores frutíferas para preservação”, disse o produtor rural.

Para a Supervisora da Emater Rio, Marília Grasiela, a intenção do Programa é desenvolver a propriedade rural num todo. “O Rio Rural dá as práticas de cunho econômico e ambiental. Além de estimular a renda do produtor com o recurso, o programa também estimula a preservação das nascentes, das matas, dividindo a aplicação do recurso”, completou Marília.

Hoje um total de 70 mil reais foi destinado ao investimento no campo. Os produtores recebem o dinheiro direto em suas contas e ao final justificam a aplicação, tendo que completar o investimento apenas com a mão de obra.

Texto e fotos: Lívia Lisle