PREFEITA

GRASIELLA

Ana Grasiella Moreira Figueiredo Magalhães, ou simplesmente Grasiella Magalhães, 39 anos, é uma mulher de hábitos simples. Mãe de três filhos, a advogada é nascida em Araruama, mas em 1997 escolheu a cidade de Iguaba Grande para morar e prosperar. No município casou e começou a ganhar gosto pela vida pública, já que em suas veias corria o sangue político, já que seu avô foi Prefeito por duas vezes de uma cidade Sergipana. Mas seus primeiros contatos diretos com a população foram em uma agência bancária, na Defensoria Pública e na Procuradoria de Araruama, locais onde trabalhou com afinco e dedicação. O gosto pela política surgiu com grande veemência, quando seu sogro Oscar Magalhães esteve prefeito de Iguaba Grande. Na gestão pública ocupou os cargos de Chefe de Gabinete e Secretária de Governo.

     A partir daí Grasiella Magalhães caiu no gosto do povo, principalmente por suas ações voltadas aos mais necessitados nas quais fazia questão de se dedicar, por sua alma extremamente altruísta. Essas mesmas pessoas quiseram que a mulher de hábitos simples, vinda de família humilde, fosse levada a vitória a frente da administração pública em outubro de 2012, com expressiva votação, se tornando a primeira prefeita mulher do município de Iguaba Grande. A sua simplicidade e competência desde que assumiu o Executivo são aplaudidas pela população através das diversas benesses que vem proporcionando aos seus munícipes, que são destacadas pela população iguabense e que a levou a ser figura notória no cenário político da Região dos Lagos e do Estado do Rio. Assim, muito preocupada com seu município e atendendo aos mais carentes, Grasiella não faz de sua condição impedimento para atender seu povo, que a acolhe e a recebe sempre de braços abertos. Sua preocupação há anos e não menos diferente agora como prefeita de Iguaba Grande é estar sempre atenta aos problemas sociais, sendo solidária- uma personalidade que herdou de sua mãe, que também sempre estava em busca de fazer serviços voluntários em prol dos mais carentes.

 Devido ao resultado de seu trabalho, também foi eleita vice-presidente do Consórcio Lagos- São João, onde desempenhou seu papel como defensora assídua do meio ambiente de nossa Região dos Lagos.